Hortas comunitárias urbanas – lidando com problemas de hortas urbanas

Hortas comunitárias urbanas - lidando com problemas de hortas urbanas

Cultivar produtos em seu próprio quintal ou em uma horta comunitária pode ser uma experiência incrível que permite que você não apenas escolha os produtos que você consome, mas controle o processo desde a semente até a colheita. As questões que afetam os jardins urbanos geralmente não estão em sua mente quando você decide que é hora de abrir o solo em seu quintal ou alugar um terreno de jardim, mas há muito mais a considerar do que apenas onde comprar suas sementes.

Problemas com Jardins Urbanos

A maioria dos problemas de jardins urbanos não são imediatamente aparentes quando você cava o solo pela primeira vez, mas eles são muito reais. Aqui estão algumas das coisas mais comuns a serem consideradas antes de plantar:

Permissões. Dependendo de onde seu jardim está localizado, você pode precisar de uma licença para arrancar a grama, construir uma cerca ou manter animais domésticos como galinhas, abelhas e cabras. Consulte a sua prefeitura local antes de colocar o jardim dos seus sonhos para evitar descobrir da maneira mais difícil que isso não é permitido. Muitos problemas de jardinagem urbana podem ser evitados adquirindo as licenças corretas na primeira vez.

O elemento humano. Todos nós queremos presumir que nossos vizinhos são úteis e apoiam nossos esforços no jardim, mas isso nem sempre é verdade. É uma boa ideia falar com os vizinhos antes de começar um jardim no quintal da frente e erguer uma cerca onde haja muito tráfego de pedestres. O roubo de produtos é uma coisa real e acontece com jardineiros urbanos desapontados em todos os lugares.

Proteção solar. Hortas comunitárias urbanas são especialmente suscetíveis a problemas com escaldadura e calor radiante porque muitas são construídas em áreas repletas de concreto, pavimentação e grandes estruturas. Quando essas superfícies aquecem durante o dia, elas podem literalmente reter o calor por horas e cozinhar suas plantas bem depois do anoitecer.

Solos contaminados. Mesmo que o solo do seu jardim urbano seja saudável e rico, ele pode estar escondendo contaminações secretas do passado. A contaminação por chumbo é de longe o maior risco e, embora a maioria das plantas vegetais não absorva chumbo em seus sistemas, pode ser um problema se você não lavar bem os produtos ou se uma criança comer a terra do jardim. Fazer um teste de solo para metais pesados ​​é uma boa prática antes de começar a fazer jardinagem.

Ozônio. A queima de gasolina e outros combustíveis fósseis pode resultar na poluição do ozônio próximo ao solo. Embora haja pouco que você possa fazer para proteger as plantas desse perigo, saber que o ozônio é um problema pode ajudar a direcionar seus esforços de jardinagem. Plantas de jardim resistentes ao ozônio estão sendo desenvolvidas, mas ainda não estão disponíveis ao público. Até então, você pode querer mover jardins para áreas mais distantes de estradas e fontes de poluição.

Hortas comunitárias urbanas - lidando com problemas de hortas urbanas

Abastecimento de água. A jardinagem com água da chuva é romântica e natural, mas nem todas as áreas têm água da chuva que é segura para usar na jardinagem. Os poluentes podem se concentrar na água da chuva em áreas urbanas, prejudicando as plantas e causando danos potenciais aos jardineiros. A água municipal também pode ser suspeita, dependendo de minerais e aditivos nativos, como o flúor, que podem prejudicar plantas sensíveis. Acessar água potável pode ser um truque em algumas áreas, especialmente onde a seca e o racionamento de água são comuns. Planeje com antecedência a irrigação bem antes de começar a plantar.

Video: Hortas comunitárias urbanas – Dia de Campo na TV

Like this post? Please share to your friends:
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: